Acessibilidade: A A

A estrutura curricular do PGEDF foi construída em coerência com os objetivos estabelecidos, focalizando a formação de docentes para o Ensino Superior e de pesquisadores com competência para atuar no desenvolvimento da Educação Física. Para atingir o perfil esperado de mestres e doutores, a estrutura curricular foi cuidadosamente delineada.

O Curso de Doutorado tem duração de 48 meses e finaliza com a produção de uma Tese original.  Esse curso proporciona o Título de Doutor em Educação Física.

Para obter o título de Doutor o aluno deverá integralizar, ao menos, 100 (cem) créditos, distribuídos da seguinte forma:

22 (vinte e dois) créditos, dos quais 10 (dez) correspondem à defesa de Dissertação de Mestrado cursado em programa oficialmente reconhecido, e mais 12 (doze) créditos correspondentes às disciplinas cursadas durante o Mestrado;

16 (dezesseis) créditos obtidos em disciplinas: 3 (três) disciplinas obrigatórias e 1 (uma) optativa;

8 (oito) créditos obtidos em Atividades Programadas Obrigatórias

12 (doze) créditos obtidos em atividades de orientação (Práticas de Pesquisa);

10 (dez) créditos obtidos com a elaboração de um artigo para publicação em periódico indexado nos estratos superiores do indicador Qualis/Capes da área:

12 (doze) créditos obtidos no exame de qualificação;

20 (vinte) créditos obtidos com a aprovação da defesa da Tese.

 

ATIVIDADES PROGRAMADAS OBRIGATÓRIAS

Atividades Programadas Obrigatórias são definidas pelo orientador, com o aval do coordenador do Programa. Poderá ser atribuído um máximo de 4 (quatro) créditos para cada atividade, conforme a natureza e carga horária, segundo a relação de 1 (um) crédito para cada 15 (quinze) horas.

As Atividades passíveis de crédito são:

a) Participação em eventos com apresentação de trabalho;

b) Estágio de docência, bem como oferecimento de cursos e treinamentos;

c) Participação em projetos de pesquisa (documental, de campo, laboratorial e bibliográfica), desde que não diretamente vinculadas à pesquisa relativa à tese de doutorado;

d) Elaboração de relatórios científicos, resenhas e artigos a partir de estudos independentes;

e) Tradução de textos científicos;

f) Proferimento de palestras sobre temática relacionada à especialidade de sua formação;

g) Participação em cursos e seminários de cunho científico;

h) Outras atividades complementares relacionadas com a formação acadêmica e científica do aluno, devidamente justificada.

A comprovação da participação do aluno em Atividades Programadas Obrigatórias deve ser feita através de documentação certificatória, acompanhada do parecer e da atribuição de créditos do orientador.

PRÁTICAS DE PESQUISA

Atividades programadas de orientação, realizadas em reuniões semanais com o orientador, e/ou coorientador, que contemplam discussões sobre as pesquisas em elaboração, além de representarem possibilidades para o diálogo sobre a produção de artigos, com bons indicativos de publicação. No que diz respeito à tese, seus objetivos são: assessorar o desenvolvimento da pesquisa; preparar o texto a ser apresentado no exame de qualificação; e preparar a tese para a defesa.

As Práticas de Pesquisa V, VI, VII, VIII, IX e X são obrigatórias e as Práticas de Pesquisa XI e XII são optativas, correspondendo, cada uma, a 2 (dois) créditos.

Proposta Curricular

Receba a nossa Newsletter

    .